As 4 Forças do Universo

Todo o conhecimento científico se resume no estudo de apenas 4 forças fundamentais que regem o universo que conhecemos:

Quando dizemos força NUCLEAR FORTE, estamos falando da força responsável por manter as partículas do núcleo de um átomo unidas. Enquanto a NUCLEAR FRACA é responsável pelo decaimento radioativo, operando também no núcleo atômico, numa dimensão invisível aos nossos olhos.A ELETROMAGNÉTICA é aquela que atua quando um imã atrai ou repele um objeto. Os efeitos desta força já são mais caracterizados aos olhos nu de uma pessoa, assim como ocorre com a GRAVIDADE (quando um objeto cai de uma mesa atraído pelo planeta Terra).

O modelo da física das partículas, explica como são interligadas três das quatro forças fundamentais do universo, mas não consegue integrar a força gravitacional; integra a força electromagnética, a nuclear fraca e forte e explica como interagem nas partículas da matéria. Mas, apesar da força gravitacional ser a força com que estamos mais familiarizados, esta última não tem lugar neste modelo.

Entendemos tanto sobre a gravidade. A orbita dos planetas, a queda dos objetos. Será que entendemos mesmo

Não sabemos a partícula que “carrega” a força gravitacional. Na teoria foi criada a partícula da gravidade, o gráviton (ou Bóson de Higgs, como quiser), mas mesmo assim os modelos das outras 3 forças não fazem sentido quando confrontados com o da força gravitacional.

Quero arriscar meu palpite:

Só quando conseguirmos unir a Física Clássica com a Física Quântica é que conseguiremos desvendar os segredos reais da força gravitacional. E, quando isto ocorrer, se ocorrer, será um marco sem precedentes na história do homem neste planeta. Vai marcar a passagem para uma nova era. Onde todas as coisas que conhecíamos, até então, jamais serão as mesmas.